sábado, 8 de setembro de 2012

Capítulo.12

Capítulo.12



-Última chamada para voo para Lisboa.-disse a voz monótona de uma mulher,suspirei peguei na minha mala e fui entregar o bilhete.
-Oh não...-estava no meio de um casal,que enquanto caminhava  para guardar a minha,mala estavam a discutir,a rapariga tinha o rímel todo esborratado,e fincava com as unhas o acento enquanto o rapaz não parecia muito ralado e lia um jornal de desportos,suspirei e lá me sentei no meio deles.Antes de mandarem desligar os telemóveis vi pela última vez a mensagem do Harry,que não me tinha conseguida dar boleia para o aeroporto porque eles e o grupo estavam muito ocupados com ensaios."Tem uma boa viagem,não te preocupes vai passar num estante" li até que a senhora me disse para apertar o cinto e desligar o telemóvel.

-Porquê?Quer dizer tu nunca tens tempo para mim!Está sempre ocupado com o trabalho!Ainda pensas que depois presentes resolve tudo!Que lata.-gritou a rapariga com a voz esganiçada,enterrei-me ainda mais no meu acento cobrindo a minha cara com uma revista qualquer sobre negócios.
-É trabalho não posso dizer que não,só porque tu não trabalhas não quer dizer que eu tenha de fazer o mesmo!-respondeu o homem,já conseguia imaginar o tipo de casal que eles eram.Ele era um advogado qualquer com um fato janota e que ganhava muito dinheiro,enquanto ela era uma simples empregada de mesas num bar.
-Eu trabalho!Só porque a minha vida social não se baseie a falar com uma secretária não quer dizer que não trabalhe!-exclamou a plenos pulmões,e para piorar um bebé atrás de mim começou a chorar e a pontapear o acento.
-Oh Deus...vai ser uma longa viagem.-disse,em português para que ninguém me percebesse.

-Diana,então como é que vão as coisas em Londres,parece que foi há anos que nos falámos!-exclamou a minha tia-avó,suspirei já me tinha preparado para essa pergunta.
-Vai óptimo,estou a trabalhar num restaurante ao pé da praia para ganhar dinheiro para a faculdade.
-Dinheiro par a faculdade?Mas pensava que o teu pai ia tratar disso.-perguntou o meu tio materno,cerrei os dentes,já ainda só estava no jantar antes do dia do casamento e já estava desejosa de voltar para casa e até mesmo para o restaurante...
-Eu,pagar?Não não.Eu disse se ficasse continuava cá em casa,tinha as contas todas pagas,tudo.Mas ela é teimosa,quer ir logo para Londres!-bufou o meu pai que apesar de estar um pouco longe conseguiu ouvir a conversa,suspirei.Há meses,aliás anos,que discutia com o meu pai sobre aquele assunto.Ele recusava-se a pagar qualquer coisa que fosse se eu fosse para fora de casa,coisa que eu explecifiquei que nunca ficaria.Mas ele tão importante homem de negócios que era nunca aceitara o meu não como resposta,ainda tinha esperança de eu voltar para Portugal.
-Pai...eu estou a aguentar-me bem,gosto muito de estar em casa com a Vanessa a Beatriz e a Leonor.E tenho um emprego,que gosto e já fiz novos amigos,portanto não,nunca na minha vida passou-me pela cabeça vir outra vez para Lisboa e muito menos para esta casa.-disse,toda a mesa ficou em silêncio,o meu pai sorria,enquanto a minha mãe tinha um ar preocupado de como o meu pai reagiria.
-Diana acho que já chega...-disse a minha irmã.
-Não não chega!E também não percebo qual é a diferença de estar aqui ou em Londres,são só menos problemas não é pai?-perguntei virando-me para o meu pai,que aclarou a voz e ajeitou o seu fato.
-A diferença é que pelo menos aqui podia-te dar um emprego decente e não esse hobbie de desenhar roupias.-disse,pestanejei sem querer acreditar que ele estava mesmo a fazer uma cena antes do casamento da Sara,levantei-me arrastando a cadeira o mais que podia.
-Acho que vou voltar para o quarto.-disse fazendo um esforço para não chorar e corriquei até ao meu antigo quarto.
Já quase não tinha nada a não ser a mobília,a minha mala de viagem,e umas caixas cheias de tralha que a minha mão começou a guardar ali,quando se apercebeu que eu não ía mesmo voltar.
Sentei-me na minha cama,a chorar,capaz de partir a janela e correr de volta para o meu quarto em Londres.Mas em vez disso,que seria humanamente impossível,peguei no meu telemóvel e telefonei ao Harry.
-Olá.-cumprimentou arfando,devia estar a ter um ensaio,respirei fundo para controlar os meus soluços.
-O..olá.
-Está tudo bem o que é que se passa?Está tudo bem?-perguntou.
-É só o meu pai...-disse e contei tudo o que tinha acontecido.
-Desculpa,não pensei que fosse assim tão mau...e estás a considerar voltar para aí?-perguntou baixinho,franzi o sobrolho surpreendida.
-Claro que não.Agora essa é a única certeza que eu tenho.-disse limpando a cara com a palma da mão.-Mas não sei...se calhar o meu pai tem razão devia arranjar um trabalho mais sério.
-Do que é que estás a falar Diana?
-É muito arriscado...
-É o que tu queres fazer.-interrompeu-me,a sua voz estava firme e parecia uma bocado surpreendido com aquela  nova conversa.
-Pois mas não me assegura dinheiro suficiente para coisas essenciais.Não posso viver para sempre com a Vanessa.
-Diana,não podes desistir só porque é difícil.
-Eu não estou a desistir.-disse a começar a irritar-me,assoei-me.
-É o que parece.
-Mas não tou. Para ti é fácil,a tua família suporta-te e se tivesses dificuldades eles davam-te dinheiro ou podias ir viver com eles e tinhas os rapazes para te ajudar.Mas eu,o que é que tenho?A minha família toda está aqui,a Leonor e a Beatriz voltam também para aqui no fim do verão,e não posso viver só de ser empregada de mesa,tendo em conta que tenho de pagar a faculdade e uma casa e bem comida!Tu não percebes,neste contexto estou completamente por minha conta.-elevei um bocado a voz.
-Por tua conta?E eu?
-Tu tens o teu emprego,e já estás a começar a ter sucesso,se calhar já nem me vais querer aturar daqui a um ano!-as palavras saíram-me da boca,porque tinha passado a viagem do avião a matutar sobre isso.E se eu e o Harry nos tornássemos no casal do avião,sempre a discutir?
-Desculpa mas tenho de considerar essa hipótese.
-Não percebo Diana...falamos depois estão-me a chamar para o voltarmos ao ensaio.Adeus.-disse e desligou,comecei a chorar ainda mais,agora até o Harry estava chateado comigo.

4 comentários:

  1. Olá :)
    Foste nomeada para o Liebster Blog Award no meu blog .
    http://imyheartandmyworld.blogspot.pt/2012/09/liebster-blog-award.html
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Hello!

    http://euamoamarte.blogspot.pt/
    É o novo endereço do blog da Fic. Eu acho que sempre que posto uma coisa nova no blog que não aparece no painel do blogger. Vê se te aparece alguma coisa do Imagine do Zayn que postei ontem. Sff!!

    bJinhos, Horanusca <3

    ResponderEliminar
  3. olá,obrigada por avisares;ya claro
    beijinhos*

    ResponderEliminar