sexta-feira, 6 de abril de 2012

Capítulo.27

Capítulo.27



(Duarte)
Direccionei-me para a barraquinha da comida para ir ter com a Catarina,mas ela não estava lá,em vez dela estava a Rita sentada a ler uma revista,quando reparou em mim levantou os olhos e sorriu.
-Sabes da Catarina?-perguntei-lhe,ela revirou os olhos e voltou a centrar a sua atenção na revista..
-Não.Mas passou aqui há um bocado um rapaz que também perguntou por ela,acho que se chamava Pedro.-franzi o sobrolho.
-E ela conhece-o?
-Sim.-olhei para ela á espera de mais informação,mas ela não falou,portanto virei-lhe as costas.
-Acho que ela foi para a cabana.-disse finalmente.
-Obrigada.-agradeci e dirigi-me para lá,bati á porta mas não houve resposta,bati outra vez com mais força.
-Credo o que é?!-perguntou a Teresa.-Ah és tu,pensava que era a Catarina.
-Não sou só eu,mas sabes onde é que ela está?
-Sim,porquê?
-Nada,só queria ir ter com ela.
-Isso não vai dar,ela foi sair com o Pedro.
-Mas ela conhece-o?
-Sim.-respondeu franzido os olhos,peguei no meu telemóvel.-Não lhe telefones,vais estragar tudo!-ignorei-a,demorou um bocado mas ela finalmente atendeu.
-Estou?És tu Duarte?
-Sim,olá.-disse ouvi a Catarina a suspirar.
-Olá,precisas de alguma coisa?
-Não queria só ver como estavas.-ela pareceu sorrir.
-Eu estou um bocado ocupada,posso telefonar daqui a um bocado.
-Claro telefona se precisares de boleia.
-Ele disse que me dava boleia.
-Ok...telefona se ele te chatear.-ela suspirou.
-Acho que isso não vai acontecer,olha...
-Telefona se precisares de alguma coisa.
-Adeus Duarte.-despediu-se desligou.
-És tão chato,meu Deus!-disse a Teresa a rir-se.
-Achas?
-Claro,ouviste a chamada que acabaste de fazer?

(Catarina)
Desligue-lhe, revirei os olhos e ri para mim mesma.
-Quem era?-perguntou o Pedro.
-Era só o Duarte.-ele franziu o sobrolho mas não disse nada.-Bem é aqui.-disse indicando um restaurante.
-Óptimo.
-Então esse Duarte é...?
-Um amigo meu.-respondi,abrindo a porta do restaurante ele fez-me sinal para passar,entrei.Senti o meu telemóvel a tremer outra vez,era o Duarte.
-Já venho,vou só á casa de banho.-pedi,desci as escadas,e fui em direcção ao sinal de W.C .-Estou?
-Olá,ainda estás com ele?-suspirei.
-Sim.
-Porquê?-perguntou,comecei a ficar ofegante.
-Falamos quando eu chegar.-disse e desliguei,respirei fundo sorri e fui ter outra vez com o Pedro.

Eu não quero chatear nem nada,mas para este capítulo ia pedir se podia ter pelo menos quatro comentários,por favor :).Já agora quero agradecer ao apoio e comentários da CSJA da miuda muito maluca  e da Girl of complications e claro a todos que gostarem e leiam a fic (sinto-me como se tivesse nos Óscares! xD )

9 comentários:

  1. Ahahah não estás, mas deviam criar os óscares dos blogs :P
    Ganhavas um de certeza!

    Mas não tens de agradecer... Se eu gosto comento (sei como isso é importante) e acredita que estou a A.D.O.R.A.R.!!! :D

    Beijinhooos e continuaaa **

    ResponderEliminar
  2. Ps.: Vê se publicas o outro rapidamente :D

    ResponderEliminar
  3. Ahah não tens nada que agradecer, mas gostei muito do capítulo e do agradecimento xD

    E continua a história pois já sabes que gosto muito :)

    Beijinhos :)

    P.s. Concordo com a CSJA

    ResponderEliminar
  4. gosto muito do teu blog :))

    modaedesabafos.blogspot.com

    ResponderEliminar