sexta-feira, 27 de julho de 2012

Capítulo.7

Capítulo.7



O trabalho passou muito devagar,quando cheguei do restaurante sentei-me no sofá a ver as horas a passar,claro que naquela casa,comigo com a Vanessa a Madalena e a Leonor havia sempre alguma coisa para fazer,portanto quando já estava aborrecida com o meu próprio tédio levantei-me e fui arrumar a cozinha.
-Quem diria a Diana a arrumar!-exclamou ironicamente Vanessa,abriu a despensa e tirou de lá um pacote de cereais e foi comendo á mão.-Já são cinco e meia é melhor ires-te vestir.-aconselhou,suspirei de cansaço.-Tu não és normal,passas-te a tarde esparramada ali e ainda 'tás cansada?A sério rapariga quem me dera ter a tua vida.-riu-se enquanto se sentava na bancada.
-Ya,a minha vida é perfeita,com torcicólogos por causa do chapéu-lagosta,mas o que interessa é tudo perfeito no meu mundo!-exclamei enquanto subia ansiosa as escadas.Fechei-me no meu quarto,era agora.Eu sabia que só tinha ficado sem fazer nada para evitar aquele momento tão difícil na vida de uma rapariga...o que vestir.Abri o armário e olhei para tudo o que tinha,mordi o lábio,era tudo muito descontraído,mas afinal era assim que eu era
Faltavam dez minutos para as seis e eu ainda só estava vestida.
não era de génio mas também não parecia forçado.Enfiei o telemóvel e a carteira no bolso e desci as escadas a correr.
-Xau!-exclamei,quando ouvi a buzina dele,a Vanessa saiu da cozinha e foi ver como eu estava.
-Quando é que te vais livrar dessas calças,credo!-muito rapidamente pôs-me base e rímel,ainda bem que já tinha risco porque se não nunca saía dali.
-Vá tenho d'ir,adeus!-esquivei-me de mais mil pincéis,e fui até ao portão,quando o vi a sorrir acenei-lhe.
-Ainda pensei que tinhas mudado de ideias.-disse,abrindo a porta,entrei no seu carro e apertei o cinto.
-Fui parada pela Vanessa,ela achava que eu não estava "apresentável".-disse rindo,ele sorriu,começando a andar,olhei para o bairro enquanto o carro estava a andar e ele não dizia nada.
-Música?-disse só,olhei para ele surpreendida,á tarde não parava de falar e agora nada.
-Ok,pode ser.-respondi,ele carregou no botão do rádio e começou a dar remix qualquer de uma música que até podia ser gira se o cantor não repetisse a mesma coisa cinquenta vezes seguidas.-Então...aonde vamos?
-Já vais ver.-disse sorrindo.
-Ok.-ficámos em silêncio outra vez,apetecia-me saltar do carro só mesmo para ver se ele dizia alguma coisa.-Silêncio...-corei imenso, "Eu acabei de dizer aquilo??Haverá pessoa no Mundo mais parva que eu?!" pensei exasperada,conseguia senti-lo a olhar para mim.-Desculpa,eu só passo por vergonhas.-disse entre dentes,ele riu-se.
-Deixa estar,tens razão,é só que estou um bocado nervoso.-confessou,arqueei as sobrancelhas surpreendida,ele era sempre tão...falador.-Pensei que se calhar era bom ires lá a casa,para conheceres os outros.-disse,esforcei-me para não franzir o sobrolho, "Conhecer os amigos?Só nos conhecemos há três dias!" pensei,mas não disse nada.
-O que foi obviamente muito estúpido da minha parte.-continuou e olhou para mim.-Como tu estás a pensar.-disse rindo,sorri desajeitadamente.
-Eu não penso que seja estúpido,só um bocado...estranho,só isso.-disse ele abrandou o carro á frente da sua casa,quase no fim do bairro.
-Isso é bom?-perguntou desligando.
-Eu sou estranha,portanto ya.-disse sorrindo,ele riu-se e abriu-me a porta.Saí do carro e olhei para a casa muito semelhante á minha,respirei fundo agora nervosa.Ele viu a minha reacção e mordeu o lábio.
-Sempre podes ir embora,podemos ir a outro lado.
-Não sejas parvo,vai correr bem.-"Espero eu..." pensei sentindo as minhas mãos a começar a suar,ele sorriu,abriu a porta e deixou-me entrar primeiro,a casa era quase igual á minha.Na sala estavam três a ver um jogo de futebol e consegui ouvir o outro na cozinha a remexer nas coisas.
-Ok,então aquele é o Liam e o Louis,que já conheces,e aqueles são o Zayn e o Niall.-apresentou,eles levantaram as cabeças e da cozinha apareceu o Louis,não pareciam estar á minha espera sorri nervosa.
-Esta é a Diana.-apresentou eles sorriram-me.
-Então onde vão jantar?-perguntou Louis que trazia um pacote de batatas e se sentava no sofa.
-Bem o plano era ficar não era?-perguntei confusa.
-Bem sim...guardaram alguma coisa ou nem por isso?-perguntou-lhes,indo também para ao pé do sofá,mordi o lábio e segui-o também.Ele pegou numa caixa de piza e sentou-se no chão fazendo sinal para eu me também sentar.
-Então e o resultado?-perguntou o Harry eles encolheram os ombros,não parecia estar a correr bem.
-Na mesma.-respondeu Zayn chateado,olhei para o ecrã da tv,nunca gostara de futebol mas percebia alguma coisa porque o Diogo gostava de ver os jogos.-E tu Diana de que clube és?-perguntou-me,senti que estavam todos a olhar para mim,engoli um grande bocado de piza muito depressa.
-Sporting.-respondi.
-Oh Portugal,não é?-perguntou Liam sorrindo.
Passei uma hora a olhar para o ecrã sem prestar atenção,eles falavam entre si sobre o o que se estava a passar no jogo,ás vezes o Harry olhava para mim mas depois era distráido logo por uma ameaça de golo.Suspirei alto,na tentativa de ele perceber que eu estava a morrer de tédio.Nada.Mordi o lábio.-Nada outra vez.Pronto aquilo era demais,eu não queria passar o resto da noite a ver futebol,por impulso levantei-me e logo me arrependi.
 -O que é que se passa?-perguntou-me mal me levantei,olhei para ele pronta a dizer que tinha de ir andando mas ele estava a fazer olhinhos,suspirei.
-Onde é que é a casa de banho?-perguntei.
-Lá em cima á direita.-disse,apressei-me a passar pela televisão.Fechei-me na casa de banho e liguei para a Madalena.
-Estou?O que se passa,tá a ser uma treta?-perguntou mal atendeu,olhei para o espelho e suspirei,pareceu-me ouvir alguma coisa lá fora,mas cheguei á conclusão que devia ter sido imaginação minha.
-Sim...olha podes-me vir cá buscar,a sério que não aguento estar mais aqui.-pedi baixando a voz porque me pareceu ouvir alguém do outro lado da porta.-Está a ser um desastre,só quero ir para casa.
-Mas é assim tão mau?
-Sim,eu digo-lhe que tenho de ir,mas quero mesmo ir para casa.
-Ok,estou a ir
-Até já,obrigada.-agradeci aliviada,abri a porta e quase que ia morrendo,mesmo á minha frente estavam o Harry e o Liam a olhar para mim,olhei para o Harry sentindo o meu coração a cair-me aos pés.O Liam olhou para mim e para o Harry e foi-s enfiar no seu quarto sem querer dar muito nas vistas.Desviei o olhar do do Harry,continuámos em silêncio,lá ganhei coragem e olhei para ele outra vez,não sei porquê sentia que ia começar a chorar.
-Desculpa.-pedi,mas a campainha tocou ouvi alguém a abrir a porta á Madalena.
-É a tua boleia não é?-disse,olhei para ele com um nó na garganta.-Sabes podias ter só dito que querias fazer outra coisa.-disse e foi para um quarto,que devia ser o dele,fiquei ali parada a morrer de vergonha e com vontade de dar uma estalada em mim mesma.

Eu sei que está enorme mas espero que tenham gostado,por favor não se esqueçam de comentar <33

8 comentários:

  1. Eu só li hoje a fic toda, e adorei, está uma máximo. Parbéns, bjs

    ResponderEliminar
  2. Está lindo!!! Essa gaja só faz asneiras xb
    Continua!!

    ResponderEliminar
  3. Está diferente do que eu esperava mas está giro, gosto quando escrevem coisas diferentes daquilo que eu acho que se vai passar.

    bJinho!!!!

    ResponderEliminar
  4. Adorei! Estou a adorar esta história toda!
    Espero que ponhas os próximos capítulos rápido para eu os ler logo!
    :)
    Beijinhoss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. uau ainda bem que estás a gostar!! :)
      beijinhos

      Eliminar