segunda-feira, 12 de março de 2012

Capítulo.18

Capítulo.18


-Catarina!-chamou o Duarte,ignorei-o estava demasiado concentrada nos posters que estava a fazer,para ouvi-lo.-Oh Catarina!-berrou.
-Hã!-exclamei abrindo o frasco da tinta azul,molhando o pincel e continuei muito cuidadosamente,a pintar as letras dentro dos retornos feitos a preto.Estávamos a preparar as coisas para o baile,que ia acontecer dentro de uma semana.Eu estava a fazer os posters para espalhar pelo acampamento todo o Duarte estava supostamente a ajudar-me,mas a única coisa que estava mesmo a fazer era estar sentado numa cadeira a ver-me a fazer o trabalho todo.
-Já tens par?-perguntou,senti um aperto no estômago,coloquei o pincel num balde cheio de água,para limpar a cor.
-Não.-respondi secamente,ele sorriu.
-A minha oferta continua em pé,se quiseres,basta aceitares.
-Obrigada,mas não obrigada.-disse revirando os olhos.-E se tu fizesses alguma coisa?Eras capaz disso?-ele espreguiçou-se.
-Já trabalhei muito na barraca,mereço um intervalo.
-Só vendes-te duas garrafas de água,enquanto que eu tive de carregar caixas cheias de gelado!
-Eu perguntei se querias ajuda,foste tu que recusas-te!
-Pois mas agora peço-te ajuda e tu não mexes um músculo!-ele revirou os olhos,levantou-se da cadeira e começou a pintar uma coisas num cartaz.
-Obrigada.-agradeci,ele sorriu.-E tu já sabes com quem vais?
-Tu?-arriscou ele,sorri.
-Boa resposta,mas não.-ele fez um sorriso triste.
-E a Teresa vai com quem?
-Ainda não tem par,anda um bocado chateada por causa disso.
-Que estupidês,devíamos juntá-la com alguém.-sugeriu a rir-se,de repente parei de pintar e olhei para ele.
-Isso nem é uma má ideia...-ele parou de rir.
-Sabes que eu estava a gozar,certo?
-Sim,mas se calhar até ia resultar.-ele olhou para mim como se estivesse doida.
-Catarina...-peguei numa cartolina e numa caneta de filtro preta e comecei a escrever.-Catarina,isso não é uma boa ideia,ela vai ficar chateada.
-Shiu,achas que devíamos pôr uma foto dela?-ele agarrou na minha mão e tirou-me a caneta.-Hei!
-Tu não estás a pensar bem,ela ia ficar chateada!-fiz um movimento brusco,para que ele me largasse.
-Não vai ficar chateada se eu assinar com o meu nome.
-Como assim?
-Em vez de diser que é para a Teresa,digo que é para mim,depois apresento-lhe os rapazes,só isso.
-Se calhar...-pensou,tirei-lhe a caneta e continuei a escrever.-Mas não são mesmo para ti,certo?-encolhi os ombros.
-Se calhar ainda falo com alguns,mas com o meu azar para para rapazes...-provoquei a sorrir,ele ficou com uma cara ofendida.-Fica descansado que são todos para ela.
-Olha já acabei o meu cartaz,queres ver?Acho que vais adorar.-disse a sorrir,levantou-se e pegou na cartolina A3 azul,que tinha umas letras gigantes,que diziam:"Catarina queres ir comigo ao baile?" tentei sorrir,porque sabia que ele estava a gozar,mas senti um aperto no estômago,ainda maior e mais doloroso que o primeiro.
-Que tal mostrares isso a outra rapariga,uma que se calhar até diga que sim?-gozei.-Anda,vamos pôr isto á entrada da feira.

(Duarte)

Senti-me ridiculo a segurar naquele cartaz  gigante,nunca tive grandes expectativas que ela aceitasse,mas não estava á espera que ela não me levasse a sério,pensava que ela me conhecia melhor do que aquilo.Vi-a a levantar-se,para irmos pôr os o cartaz da Teresa na feira,guardei a cartolina,não era desta que ia desistir.

12 comentários:

  1. Respostas
    1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
  2. Está muito fixe a história *-* Parabéns (:
    -> Podes seguir e divulgar? *-*

    ResponderEliminar
  3. adoro.
    podes seguir o meu blogue e divulgar?
    http://justlive645.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Olá, gosto muito da tua fic e sigo (;
    Será que podias seguir e divulgar o meu blog (as-behappy.blogspot.com) ? :3

    Obrigada, Beijinhos :b

    ResponderEliminar
  6. obrigada,eu já seguia o teu,mas claro! :D
    beijinho :)

    ResponderEliminar
  7. O Duarte é tãããããão fofooo *-*

    ResponderEliminar